Bomba De Combustível (carburado) E Seus Defeitos

Tem alguma dica sobre manutenção? Divulgue! Leia e mantenha seu Monza em dia!
Avatar do usuário
Gilmar Martins
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 949
Registrado em: 13 Jan 2015, 07:49
Cidade: Novo Horizonte
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1991
Combustível:: Gasolina
Injeção: MPFi

Re: Bomba De Combustível (carburado) E Seus Defeitos

Mensagem não lida por Gilmar Martins »

Isso mesmo, os componentes são de materiais que quando ficam parados, depois de alguma utilização, se ressecam tornando quebradiços (borrachas ou latex, especialmente o diafragma). Antigamente se podia trocar os reparos (Fusca, Opala e etc), mas isso já é outra história. Há mais de 25 anos que elas vem seladas, impossibilitando de fazer reparos, infelizmente a industria funciona assim, quebrou = lixo.
Me lembro a última vez que troquei o reparo de minha Caravam, foi em 1992, o reparo custou 10% do valor de uma bomba nova na epoca, vendi o carro 4 anos depois com a bomba em pleno funcionamento!
Abçs,
Gilmar
Vectra 97 GLS
Avatar do usuário
luiz sle
Monza-Man (Nível 11)
Mensagens: 9131
Registrado em: 10 Dez 2009, 17:55
Cidade: Cajamar
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza S/R
Motor: 2.0
Ano: 1988
Combustível:: Etanol
Injeção: Carburador

Re: Bomba De Combustível (carburado) E Seus Defeitos

Mensagem não lida por luiz sle »

Bom dia, pessoal!

Complementando o tópico.
Fiz a troca da bomba de combustível do meu S/R no final de 2019, por uma Brosol. Hoje, após cerca de um ano e meio e cerca de 2.000 kms rodados, a bomba morreu. Estarei entrando em contato com o fabricante para ver o que eles respondem.

Pelo visto, desde 2011 para cá, nada mudou na produção das bombas Brosol.

Abraços
Monza, a relação do homem e a máquina.

Momento de força (Torque) máximo líquido:
179N.m (17,5 kgf.m) a 3.000rpm!
Carburador de duplo estágio 2E7
Potência máxima líquida (ABNT NBR-5484)
81kW (110 CV) a 5.600 r.p.m.
1998 cc³

Ex: Monza SL/E 1986
Atual: Monza S/R 1988
Polo TSi 2019
Up! TSi 2020
jorgeAP
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 1027
Registrado em: 30 Jun 2013, 04:56
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais-MG
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1991
Combustível:: Etanol
Injeção: Carburador

Re: Bomba De Combustível (carburado) E Seus Defeitos

Mensagem não lida por jorgeAP »

Já tive muitos problemas com "Brosol". Hoje em dia faço questão de "Nakata". Não tem me dado tantos problemas maís. No geral as duas marcas vazam, mas a Nakata demora mais a apresentar vazamento mais crítico.
Monza 91 automático (o melhor)
Avatar do usuário
luiz sle
Monza-Man (Nível 11)
Mensagens: 9131
Registrado em: 10 Dez 2009, 17:55
Cidade: Cajamar
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza S/R
Motor: 2.0
Ano: 1988
Combustível:: Etanol
Injeção: Carburador

Re: Bomba De Combustível (carburado) E Seus Defeitos

Mensagem não lida por luiz sle »

jorgeAP escreveu: 19 Jul 2021, 04:23 Já tive muitos problemas com "Brosol". Hoje em dia faço questão de "Nakata". Não tem me dado tantos problemas maís. No geral as duas marcas vazam, mas a Nakata demora mais a apresentar vazamento mais crítico.
Boa noite!

Excelente dica. O vazamento que você mencionou, seria de combustível e/ou óleo? Pelo respiro da bomba?

COMPLEMENTANDO:

Entrei em contato com o SAC da Brosol, tendo em vista não em obter outra bomba gratuitamente, mas sim colocando à disposição o produto para análise técnica do fabricante, para que possam entender a origem do problema e melhorar seu processo de produção caso seja detectado alguma fragilidade de material, porém obtive o seguinte retorno: o produto encontra-se fora do período de garantia legal de 12 meses. Ou seja: a empresa não teve o menor interesse em entender o problema, tentar melhorar seu processo fabril e atender melhor seus clientes futuramente. Esse é o posicionamento de uma empresa há tantos anos no mercado.
Podemos concluir que, a qualidade dos produtos da marca chegou até meados dos anos 2000. Depois disso, temos esse tipo de produto sendo comercializado.

Abraços.
Monza, a relação do homem e a máquina.

Momento de força (Torque) máximo líquido:
179N.m (17,5 kgf.m) a 3.000rpm!
Carburador de duplo estágio 2E7
Potência máxima líquida (ABNT NBR-5484)
81kW (110 CV) a 5.600 r.p.m.
1998 cc³

Ex: Monza SL/E 1986
Atual: Monza S/R 1988
Polo TSi 2019
Up! TSi 2020
Responder